Varejo: redefinindo compras para um mundo pós-pandêmico

Nos últimos anos, os varejistas tradicionais têm lutado para se ajustar efetivamente a um mundo do e-commerce. Agora, com a pandemia como mais um desafio, não há como voltar atrás. Estudos apontam que os varejistas mostram interesse renovado na combinação para o melhor das compras físicas e online e reacender o crescimento gradativo nas próximas décadas.

O varejo que sempre significou mais aos consumidores do que a aquisição de produtos; de uma papelaria local para o empório fast-fashion, é oferecido um senso de comunidade, a emoção de descoberta e um espírito de aspiração por algo que parece apenas ao seu alcance. Mas por causa da pandemia os grandes centros comerciais ao redor do mundo são um reflexo de uma indústria de varejo que sofre com a mudança brusca e fora de controle. Mesmo com alguns comércios reabrindo as portas cautelosamente para os negócios, outros fecharam para sempre.

Enquanto isso, as rodas do comércio continuam girando. Embora as lojas físicas estejam se rendendo cada vez mais para os adeptos digitais por mais de duas décadas, isso não é nada em comparação com os últimos 12 meses. Em massa, os consumidores recorreram às compras online para proteger sua saúde (com mantimentos e necessidades). 

Encontramos uma classe executiva ainda se recuperando do “varejo apocalipse” que viu o fechamento de antigas marcas, mesmo em meio a um crescimento consistente das vendas no varejo para a indústria em geral. Os varejistas parecem prontos para transformar com foco renovado em atender às necessidades do cliente através da inovação e do uso de tecnologias digitais.

À medida que entramos em uma era onde muito dessa experiência é entregue virtualmente, o fisicamente não é exatamente inspirador – a recalibração se faz necessária. Os varejistas estão priorizando análises e recursos digitais para criar experiências que combine o melhor do físico com o virtual e vice-versa. Novos modelos de varejo resultarão em uma mistura perfeita dos dois mundos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *